Maria Fátima Pientznauer

AMOR E PAIXÃO, GRANDE EXPLOSÃO!

Textos


MEU INCONSCIENTE, CONSCIENTE!

VOCÊS, NÃO ME CONHECEM,
MESMO ASSIM, VOU FALAR VOSOBRE MIM,
SEI MESMO INCONSCIENTE,
QUE MINHA VIDA, LOGO TERÁ FIM.

COMO CRIANÇA, NASCI,
CRESCI E PASSEI A DESEJAR BRINCAR,
MAS, MEU PAI,
NÃO DEIXAVA PERTO DA CRIANÇA MAIS POBRE, EU CHEGAR.

COMO PAI,
O MEU ERA SEMPRE SEVERO,
MAS EU NUNCA O JULGUEI,
PORQUE ISTO NÃO O TORNARIA, MENOS AUSTERO.

CHEGUEI A ADOLESCÊNCIA,
E DE PESSOAS DA MINHA IDADE
EU QUERIA ME ACHEGAR,
MEU PAI NÃO ENTENDIA, E ASSIM QUERIA ME LIMITAR.

ATÉ QUE EM CERTA ÉPOCA,
TIVE UM MAL-ESTAR,
DESMAIEI E FIQUEI INCONSCIENTE,
MEUS PAIS COMIGO VIERAM A SE PREOCUPAR.

LEVARAM-ME ÀS PRESSAS A UM MÉDICO,
QUE VEIO ME CONSULTAR,
UM CHECK-UP ELE QUERIA,
PARA SÓ DEPOIS, ELE OPINAR.

O MÉDICO COM OS RESULTADOS EM SUA MÃO,
NÃO SABIA COMO A NOTÍCIA E MEUS PAIS, DAR,
EU POSSUÍA UM TUMOR MALIGNO NO CÉREBRO,
E NINGUÉM DEVERIA ME CONTRARIAR.

ESTA NOTÍCIA CAIU COMO UMA BOMBA,
NO SEIO FAMILIAR, A TRISTEZA TOMOU CONTA,
EU NÃO SABIA O QUE ESTAVA A SE PASSAR,
DESESPERADOS, OS MEUS PAIS FORAM ACONSELHADOS A CALAR.

ABRIRAM-SE TODAS A PORTAS,
QUE ANTES PARA MIM VIVIAM TRANCADAS,
EU PUDE NAMORAR, SAIR, PASSEAR,
DIRIGIR E COM GOSTO, COMECEI A ESTUDAR.

EU SÓ NÃO SABIA,
DO MAL QUE ME ESCONDIAM,
POIS O TUMOR, AINDA ESTAVA LÁ,
ESPERANDO PARA MINHA HORA, DITAR.

HOJE SOU UMA MOÇA BONITA,
E MUITO FELIZ, SEM DE NADA SUSPEITAR,
OS MEUS PAIS, AINDA AFLITOS,
CALAM-SE, ESCONDENDO A TRISTEZA, EM SEU OLHAR.

MESMO INCONSCIENTE,
EU ALEGRE VIVO, A VIDA A LEVAR,
COM O MEU NAMORADO,
TENHO EM POUCOS ANOS, TUDO NUMA VIDA REALIZAR.

SE EU TOMASSE CONHECIMENTO,
DESTE MAL A ME RODEAR,
EU NÃO FICARIA INFELIZ,
POIS TIVE A POSSIBILIDADE DE AMAR.

SOU GRATA A TODOS,
QUE ME DESEJAM O BEM,
SOU ATÉ GRATA A ESTE TUMOR,
ELE PERMITIU QUE EU CONHECESSE O AMOR.

CIENTE, MAS INCONSCIENTE,
NÃO VOU COM ESTE PROBLEMA ME ABALAR,
TANTOS POSSUEM ESTA DOENÇA,
E DE UMA OUTRA CAUSA, VEM A SE ACABAR.

MINHA ESTÓRIA NÃO TERMINOU,
NÃO DEIXEI ESTA VIDA, AINDA,
E QUEM VAI DITAR MINHA HORA,
É DEUS NOSSO CRIADOR.
Maria Fátima Pientznauer Corrêa de Sá Pierrotti
Enviado por Maria Fátima Pientznauer Corrêa de Sá Pierrotti em 05/09/2021


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras